quinta-feira, 31 de julho de 2008

SUBSTITUINDO




Numa das "trilhares" de revista que eu já comprei compulsivamente , e ainda não lí, saiu uma matéria onde uma nutricionista aconselhava uma leitora a trocar o bacon de sua sopa de feijão por "CROUTONS"..

Desculpem a ignorância desta que vos escreve , mas nunca havia outido falar de "CROUTON" na minha vida.

Na mesma revista, uma nutróloga explicava os principais benefícios de diferentes tipos de óleo :

- Oléo de Girassol
- Óleo de Castanha do Pará
- Óleo de Macadâmia
- Óleo de Linhaça

Outro dia mesmo, tinha recebido um e-mail na Internet sobre as "maravilhas da combinação alho-azeite", e preparei uma "conserva de alho em azeite" para ser usada na alimentação de família...

Agora, como é que este "tal de CROUTON" pode substituir o bacon , me avisem ....
Quero receitas também, ok ?

terça-feira, 29 de julho de 2008

ESPAÇO QUE EU AMO



Lembrando do Blog das minhas novas amigas virtuais "Brincando de Casinha", e "Coisas que me Inspiram", lembrei de mostrar a parte que mais considero versátil da minha casa. É onde coloquei um armário antigo, feito de uma TV antiga de 29 polegadas ( com um pedaço de granito em cima ) . Na verdade, comprei o "armário" assim, numa super promoção de um colega meu , que iria se mudar para BH e não tinha como levar...

Neste pequeno armário, que é fechado atrás e um pouco difícil de abrir, coloco as "surpresas de visitas". Como assim ? Guardo neste armário algumas coisas para as visitas que chegam de última hora : saquinhos de amendoim, latas de refrigerante, bombons finos, e ainda, alguns presentes que compro as vezes para algum aniversário que possa surgir...Presentes neutros e "assexuados", ou seja, que sirvam para homens e mulheres . Coisas de bom gosto, claro....

Ah, quem quiser dar idéias para coisas que possam ser colocadas neste pequeno armário, e que durem até 03 meses, podem mandar...

Gosto de idéias versáteis...

MEMÓRIAS DE INFÂNCIA



Falando em "fotos antigas na parede", lembrei de uma foto que mandei restaurar hoje, que tem minha avó comigo no colo ( me deu vontade de chorar lembrando o quanto vovó era carinhosa comigo... )

Acabei lembrando que ganhei uma cadeira de balanço da minha mãe há algum tempo. Vou pegar para restaurar....

Foto de avó com criança ( eu no colo ) e cadeira de balanço( que era da avó da criança ) combinam, uma pertinho da outra não combinam ?

Mãos a obra...

É hora de Regate Emocional....Hoje estou em dia de R.E.

segunda-feira, 28 de julho de 2008

FOTOS ANTIGAS E RESTAURADAS NA PAREDE



Estava conversando com um amigo sobre "restauração de fotos antigas"...Tenho vontade de fazer uma "parede" cheia de fotos antigas, mas restauradas, com fotos da família toda, minha e do Marcelo....

Assim, como na vida nada é coincidência, achei um Blog bem bacana hoje na Internet, chamado http://brincandocasinha.blogspot.com/

Pedi licença a ela para reproduzir a foto e o POST dela...Tenho muitas fotos lindas para restaurar...

E eis que numa cantina em São Francisco Xavier encontro uma parede praticamente igual a que eu tinha imaginado. Só há um problema na disposição das fotos: o melhor é que as linhas de cima, de baixo e dos lados sejam retas, como um enorme quadrado ou retângulo. E dentro desse espaço, aí sim deve-se colocar os quadros com distâncias irregulares entre si. Outra dica: quadros e porta-retratos em locais de passagem (que serão vistos por pessoas em pé) devem estar a 1,70 m do chão. Nem mais para cima, nem mais para baixo.

Estes detalhes de disposição das fotos são muito importantes...

Gostei muito do Blog da minha nova amiga virtual...

IDÉIAS NOVAS PARA UMA VIDA NOVA...



É , amigos....

Comecei a semana querendo me alimentar melhor....

Faz parte das minhas metas ( final de 2008/2009 ) ter uma alimentação mais do que saudável...

Sábado tive a chance de assistir a um documentário chamado SUPER SIZE ME , que é basicamente sobre alimentação e exercícios....Muito interessante. É a história de um cara que se alimenta durante 30 dias somente de Mac Donalds e acaba ficando doente....

Tendencioso ? Claro...Mas mexeu comigo, com minha história de "não ter tempo para me alimentar direito"

Acabei descobrindo um Blog bacana na Internet, onde podemos assistir alguns filmes do tipo...Não quero tomar decisões radicais na vida, isso não combina comigo....Mas , vale começar uma substituição aqui, outra alí....

Ah, no documentário, um médico fala que o ideal é que a gente caminhe pelo menos 5 mil passos ao dia....Estou contando os meus agora !

http://cantinhovegetariano.blogspot.com/

Ah, alguém já assistiu "TERRÁQUEOS" ? Fiquei curiosa...

sexta-feira, 25 de julho de 2008

SUPÉRFLUOS NECESSÁRIOS



Crianças, é uma tentação...

Eu e minhas "viagens" por outros Blogs e sites, acabei parando no Blog "Lá em Casa", da Simone Quintas, e descobrí capas lindas de cadeiras, que tornam as cadeiras velhas bem novas.....Showzinho !

Depois, fui parar no Blog da Luciana e ví umas tais "almofadas com suporte" ! Algo indíspensável na vida de uma "tarada por leitura" , como eu !

Sei que estas tentações fazem parte da minha "DIETA". São "coisas boicotantes" que aparecem para "detonar" uma "dieta", mesmo que seja a do CARTÃO DE CRÉDITO .....Mas quem pode chamar esta almofada linda de "coisa boicotante"?

Beijocas

quinta-feira, 24 de julho de 2008

FUTURAS FÉRIAS DE JULHO



Ainda não foi este ano que consegui tirar as minhas "sonhadas férias". Mas , a mala que saiu na Revista Manequim está na minha cabeça. Cheia de cores, cheia de roupas versáteis ,a gente acaba se imaginando em várias situações diferentes e agradáveis....

Por exemplo, num Cruzeiro, com meu marido, meu filho e vários casais amigos ( e seus filhos )

Por exemplo, passando uma semana com a família num hotel 05 estrelas, do Convênio Bancorbrás.

Por exemplo, passando uma semana na casa do Luis e da Renata em São Paulo, assistindo a várias peças de teatro, e indo a 25 de março quase todos os dias....

Vou continuar sonhando....

segunda-feira, 21 de julho de 2008

DONA DE CASA ATRAPALHADA



Definitivamente eu não sou muito normal. Como dona-de-casa então, pior ainda.

Se naõ fosse minha fiel escudeira Josiani, que está comigo há anos , eu estaria frita.Ou melhor, teria "fritado" a casa toda.

Ontem, por exemplo, foi dia de correria. Saí atrasada, de carona com um colega ( o carro não pegou nem na marra ) , e não havia nada na geladeira para quando a gente voltasse do trabalho, cansado, nem para Matheus quando voltasse da escola. Nada de bom ( nem de ruim ) . Dei 50 reais para Josiane e uma carona para o supermercado mais próximo. No caminho, íamos conversando sobre o que fazer de interessante . Minha criatividade pra cozinha também é zero.

- Mas comprar o quê, Monica ?

- Bom, Jôse....qualquer coisa que a gente coma a noite....Uma sopa ! Que tal uma sopa ?

- Mas sopa de quê ?

Não sei quem é pior na cozinha, ela ou eu. De repente , tirei da minha bagunçada bolsa uma receita que tinha tirado da internet ( santa Internet ) um dia antes.

- Já sei , faz um Yakisoba !

Não se Jôse entendeu esta história direito. A receita estava lá, tudo explicadinho. Quando cheguei em casa tinha na geladeira algo diferente do que eu já havia experimentado antes : a boa e tradicional comida chinesa tinha virado uma YAKISOPA !

Mesmo que tudo tenha sido meio que um mal entendido, adorei a inovação da receita.Se eu perguntar como é que foi feita , ela vai dizer "não sei , eu fui fazendo"....Mas , os fins justificam os meios ( as vezes )!

sexta-feira, 18 de julho de 2008

PHN ( Por Hoje Não )



Estou entrando na minha segunda semana de "DIETA DO CARTÃO DE CRÉDITO". Sábado passado, quando comecei, prometí a uma vendedora da C& A que escreveria um "Relatório de Auto-Ajuda" para entregar a ela depois.

O mais "difícil" pra mim está sendo passar pelas livrarias, com tantos lançamentos novos. Mas como encontrei uma forma de ler de graça ( pois , como já falei a Livraria Siciliano é minha vizinha ) não está sendo tão complicado assim....

Fico pensando como compro coisas perfeitamente dispensáveis , enquanto poderia estar "comprando" minha "liberdade financeira"....

Tudo o que eu quero é uma vida mais calma....Sei que a "calma" verdadeira está dentro da gente, mas a gente fica bem mais tranquila sem a tal da fatura "enooooooooorme" que tenho pago até então todo dia 26. A fatura chega, meu salário vai....

Em breve, meu salário virá, eu poderei "ir" com ele para alguns lugares....Lugares que sonho conhecer e nunca me achei no direito...

Volto depois com mais comentários....

domingo, 13 de julho de 2008

LEITE QUEIMADO = ATENDIMENTO AO CLIENTE



Teoricamente : o que teria o LEITE QUEIMADO a ver com um BOM ATENDIMENTO AO CLIENTE ?

Bom,aparentemente nada. Mas a sensação que eu tive , ao comer outro dia num Self Service de Vila Velha ( R$ 24,00 o Kilo ) foi a de "querer voltar várias vezes";

Estava um frio filho da mãe, e depois de fazermos nossas refeições, na saída do restaurante havia um aparador com o tradicional cafezinho, chá, e como um "diferencial" a mais : LEITE QUEIMADO ! Foi uma sensação de quero mais indescritível....

Agora tô procurando na Internet uma forma de fazer LEITE QUEIMADO para meus clientes. Tem que ser no microondas, pois na empresa não tem fogão.

Conseguí uma receitinha básica :

Leite Queimado

Ingredientes: 1 Kg de açúcar, leite, canela em pó.

Modo de preparo: Coloque 1kg de açúcar na panela quente e deixe virar caramelo. Após todo açúcar derreter pegue 1 litro de leite e jogue na panela junto com o caramelo.
Quando o leite estiver com coloração de caramelo e estiver fervendo jogue um pacotinho de canela em pó (opcional) e sirva imediatamente.



E se eu tiver que preparar uma jarra para deixar durante o dia todo ?


Monicaty

sábado, 12 de julho de 2008

DIETA DO CARTÃO DE CRÉDITO - Primeiro Dia



Hoje ( sábado ) foi o meu primeiro dia de DIETA DO CARTÃO DE CRÉDITO. É estranho, mas a gente se sente tão "plebe" sem cartão....É como se a gente ficasse meio limitado, entende ?

Mas, sei que vai passar a fase de abstinência , e tudo vai melhorar...Numa "desintoxicação" dizem que os primeiros dias são os piores....Vamos ver...

Consegui comprar um presente a Vista, na C&A, que é a loja que mais insiste para voce comprar parcelado. Lá eles são "programados" para te oferecerem coisas parceladas pra mais de 07 vezes, para que a loja possa ganhar em cima dos juros.

Depois , fui a Livraria Siciliano ( agora chamada de "minha Segunda Biblioteca Pessoal" ) e comecei a ler o livro RICO DE VERDADE ( tudo isso é para atrair prosperidade, viu ?) O cara ( esquecí o nome do autor , mas vou continuar a leitura depois ) escreve muito bem, e atenta para a importância de cultivarmos a METARIQUEZA, que é uma "riqueza" que vai além das coisas materiais....

Os primeiros capítulos falam das coisas que "atrasam" a prosperidade da gente . Os 3 Ds :
- DESATENÇÃO - De como somos "mecânicos" com as relações humanas, e como nos atentamos pouco para as pequenas coisas do dia-a-dia.

- DESALINHAMENTO- De como muitas vezes agimos com os outros de uma forma que não gostaríamos que agissem com a gente ( muitas vezes fiz isso,até mesmo com as pessoas que "passam" pela nossa vida profissional )

- DESESPERANÇA- As pessoas que não são prósperas normalmente são aquelas que sempre estão reclamando da vida, dos políticos, das notícias ruins....Elas acabam focando no que é negativo da vida, e não no positivo...


Bom, como só lí até a página 44 , vou ter que esperar pra ver o restante do livro depois, com calma...Mas a DIETA DO CARTÃO vou passando aos poucos para vocês....Depois também contarei sobre o PROGRAMA DE RECOMPENSAS que estou criando para mim mesma, para substituir o PROGRAMA DE RECOMPENSAS do cartão.

Abraços

sexta-feira, 11 de julho de 2008

NOVA HISTÓRIA



Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela.
Paulo Coelho


Carta para minha "assessora" Mikaelly

Estou escrevendo para você uma espécie de “PRIMEIRO CAPÍTULO” de uma outra história para minha vida. Na revista VEJA da semana passada saiu uma reportagem “A VIDA COMEÇA AOS 50”.Se for assim, eu nem nasci ainda.

É muito bom recomeçar. Ou melhor: é muito bom ter ânimo para recomeçar. Porque na verdade, a gente tem que estar sempre recomeçando o tempo todo.

Achei que seria um ótimo momento para recomeçar minhas finanças pessoais quando você voltasse de férias. Acho que estes dias que você teve fora me ajudaram a ter alguns “insights” sobre dinheiro, quanto custa manter uma empresa saudável, que é o que eu quero que a AUDIO VISUAL sempre seja.

Ontem Marcelo decidiu acabar com o cartão de crédito dele. E, pensando bem, me senti um pouco ridícula me iludindo com “milhas” e outros “brindes” que os cartões oferecem . Como uma “Máquina de Waffer” por exemplo. Quantas vezes irei fazer Waffer por ano ?

A grande armadilha do cartão de crédito é pensar que você tem mais do que você tem de verdade...Assim, você acaba comprando o que você não precisa com o dinheiro que você não tem .
Por exemplo: quantos livros eu acabei comprando ( no cartão ) que acabei nem lendo ? Quantas assinaturas de revistas que eu nem dou conta de ler ?

Virou um vício pra mim “procurar coisas” na Caixinha de Correios da minha casa...Isso porque desde o ano passado me “viciei” em revistas e acabei assinando mais duas, além das outras duas que eu já assinava....Fora a assinatura de revista em quadrinhos que dei para Matheus.

Bom, resolução número 1:
DEIXAR O CARTAO DE CRÉDITO DE MOLHO EM CASA

Como todo sacrifício merece uma recompensa, um presentinho que me darei é : quando estiver completando um mês que eu não usei o cartão, comprarei pra mim uma bicicleta.

QUERO UMA BICICLETA USADA, EM BOM ESTADO, COM NOTA FISCAL E BEM FEMININA, COM CESTINHA

Obrigada por me ouvir ( lendo ) e obrigada por ajudar a fazer os meus sonhos acontecerem.

quinta-feira, 10 de julho de 2008

MINHA FOTO ANDY WARHOL



Gente, Blog também é cultura....

Outro dia, entrando no Blog Rainhas do Lar, www.rainhasdolar.com a Faby mostrou uma foto da sua cozinha estilo "Andy Warhol"....Fiquei curiosíssima para saber quem era o tal do Andy, e descobrí algumas coisas legais sobre ele.

Autor da famosa citação “in the future everyone will be famous for fifteen minutes” (algo como “no futuro todos serão famosos por quinze minutos”), Andy Warhol é conhecido como um dos pais da cultura pop da maneira como a conhecemos, responsável por uma verdadeira revolução, social e culturalmente falando. Imortalizado pelo trabalho que realizou, brincava com a arte relacionando-a a uma sociedade completamente rendida ao consumo.

Adorei ter conhecido o Andy,aprendido sobre pop art e ainda agora estar estreando meu Blog com minha foto estilo "Andy Warhol"....

Faby, o blog de vocês é muito cultural também .....

domingo, 6 de julho de 2008

CHEGAR, ACONCHEGAR, SE ENCONTRAR



Hoje, domingo, relendo minhas revistas BONS FLUIDOS, encontrei a matéria do CARLOS SOLANO, arquiteto e escitor, especialista em Feng Shui. Acho que podemos adaptar este texto para a reforma que queremos fazer , em nossas casas.


Diz o feng shui, a arte chinesa do cuidado, que a chegada a uma casa influi na sensação de bem-estar das pessoas que visitam ou que moram nela. Portanto, leve para a entrada principal uma sensação de ambiente claro, pela cor da parede, pelo tapete ou por um quadro, para que a primeira impressão seja de luz, ou de abertura de possibilidades. Esse já é um bom começo.

A CHEGADA

Pode-se criar uma sensação de aconchego e bem receber quem vem da agitação da rua mudando a textura do piso (um tapete especial), a condição de luz e sombra (um efeito de iluminação), a cor (os tons vibrantes são os mais indicados), o som (um barulhinho de água, um canto de pássaro), a direção (um biombo) ou o panorama (um quadro, algumas plantas, um jarro de flores). Um vaso exuberante pode ajudar a delimitar esse sagrado domínio pessoal. Serve até para marcar a entrada, usar uma por ta fora do comum. Em todos esses casos, o que realmente importa é definir a transição entre o exterior e o interior. São essas mudanças físicas – sobretudo a visual – que criam em nossa mente a transição psicológica, que delimita a intimidade da casa.

Do lado de fora da porta, uma estante da altura da cintura permite que se possa deixar os pacotes, enquanto se liberam as mãos para procurar as chaves. Outra sugestão interessante é dispor uma série de objetos de boas-vindas imediatamente após a aber tura da porta: um assento confortável, um aparador ou uma estante-vitrine com belos guardados e pertences, fazendo com que a entrada se torne parte de uma seqüência de espaços agradáveis, integrando-a às outras salas, aconchegando o visitante.

Uma entrada com paredes nuas é sempre mais impessoal e fria. A identidade de uma casa está em suas paredes, e ela só será pessoal e viva se a família puder deixar sobre elas a própria marca: um artesanato feito por alguém do grupo, os objetos da história familiar.

Talvez seja interessante ter na entrada um espaço para colocar os casacos, deixar os sapatos sujos e talvez até os brinquedos mais usados pelas crianças. Pode-se ainda ter um banco para sentar e esperar ou, se houver uma vista (mesmo da rua), para contemplar.

Existe outra razão para explicar a importância da entrada como transição: todas as pessoas desejam e precisam de proteção. A família que está sentada conversando, ou à mesa, não quer ser perturbada por alguém que chega sem aviso.

A DESPEDIDA
É importante lembrar que o espaço da chegada marca também o momento da partida. Quando os convidados se despedem, precisam de um “ponto de adeus” claramente indicado. Sem ele, a despedida pode se prolongar infinitamente. Um espaço de saída definido torna mais suave o adeus.

“Passada a porta do jardim, há um caminho...”, diz um poema. Os edifícios e as casas com uma transição agradável entre o meio exterior e o interior geram mais tranqüilidade e bem-estar do que os que se abrem diretamente para a rua, confirma Christopher Alexander, um arquiteto austríaco, pesquisador do jeito de morar. Em um de seus estudos, ele mostrou fotos de casas a várias pessoas e perguntou qual parecia mais aconchegante. Descobriu que, para a maioria delas, quanto mais longa a transição de entrada (muro, jardim, caminhos, escada, alpendre, vegetação, pátio, varanda etc.), mais agradável era o ambiente final. E concluiu que a entrada é um dos espaços mais importantes, pois ainda unifica dois mundos: o profano (as ruas) e o sagrado (a intimidade do lar).

Penetrar na linguagem do sensível e do humano é o que busca o feng shui, que descreve um modo atemporal e ideal de construir as casas. Você pode adaptá-lo para compor os ambientes nos quais você vive hoje.

sábado, 5 de julho de 2008

SOBRE A VONTADE DE COMPRAR


Hoje me apaixonei perdidamente por um arquinho (tiara) acrílico xadrez, em preto e branco, que ví na DI FEROLLA...."Piscamos" um para o outro e prometí voltar outro dia para busca-lo, e tira-lo do meio daqueles outros arcos comuns.....Este arquinho prometeu que me acompanharia em vários passeios, e que me faria ficar com cara de mais nova ( como se isso fosse possível ) . Mesmo assim, estamos apenas "ficando", como diria meu filho sobre uma colega da escola...

Brincadeiras a parte, como ser equilibrado num mundo tão maluco ? Tudo bem, a gente é ser humano, "estudado" , e precisa pensar no que compra. Hoje, por exemplo, descobrí que posso ler mais sem ter que comprar tudo quanto é livro....Sentei na Livraria Siciliano ( que fica praticamente ao lado da minha casa ) e comecei a ler de graça....Assim, terei acesso a todos os livros que já botei olho gordo....

Comecei pegando um livro em que Frei Betto e Domenico de Masi escreveram juntos, com a ajuda de um mediador. "Diálogos Criativos"....Assim, descobrí que tenho algo em comum com Frei Betto....Eu também faço "passeios socráticos" . Descobrí o nome disso hoje, lendo o tal livro...Agora, vou ser chique . Quando alguém me chamar pra ir ao Shopping, ou a Glória, vou dizer :"Só se for para um passeio socrático"...

Vou deixar o próprio Frei Betto explicar o que é isso :

Vou com freqüência a livrarias de shoppings. Ao passar diante das
lojas e contemplar os veneráveis objetos de consumo, vendedores se
acercam indagando se necessito algo. "Não, obrigado. Estou apenas
fazendo um passeio socrático", respondo. Olham-me intrigados. Então
explico: Sócrates era um filósofo grego que viveu séculos antes de
Cristo. Também gostava de passear pelas ruas comerciais de Atenas.
E, assediado por vendedores como vocês, respondia: "Estou apenas
observando quanta coisa existe de que não preciso para ser feliz".


Pois é, Frei Betto...Mas que o arquinho lindo de acrílico não sai da minha cabeça, ah, isso não saiu até agora...

Mesmo assim, adorei ter lido uma grande parte do seu livro....Aprendí muito hoje com ele, ok ?

quinta-feira, 3 de julho de 2008

DEZ RAZÕES PARA VOCÊ CONTROLAR SEUS GASTOS



Cortar gastos no orçamento é um sacrifício para você? Para a maioria das pessoas a escolha não é nada fácil, já que ninguém gosta de abrir mão daquilo que aprecia e, para muitos, este é dos grandes prazeres da vida.

Porém, é preciso ficar alerta aos sinais. Se você já não cabe em nenhuma calça, certamente já sabe que está na hora de controlar o peso, e provavelmente já está pensando em qual dieta seguir. O mesmo raciocínio vale para sua vida financeira. Mas quando saber que está na hora de controlar os gastos?

Sinais de alerta
Abaixo listamos algumas situações que servem de alerta, pois sugerem que você está perdendo o controle de suas finanças e esta pode ser a hora de entrar em ação.
Até hoje, você nunca recusou um cartão de crédito
Boa parte dos consumidores recebe várias ofertas de cartão de crédito, mas acaba recusando, pois já possui outro cartão. Mas, no seu caso, isso não é bem verdade. Entre cartão de varejista, da montadora, das revistas que assina, e dos bancos em que possui conta, quantos plásticos você já possui?

Se você se encaixa nesta descrição, vale a pena lembrar que a sua renda não está aumentando a cada cartão novo que aceita. Muitos consumidores erroneamente consideram o limite do cartão como um acréscimo na sua renda pessoal, e começam a comprar tudo com o crédito extra, para depois serem surpreendidos com faturas que não têm condições de pagar. De agora em diante, comprometa-se a viver dentro dos limites da sua renda, e não da soma dos limites dos seus cartões.


Você compra por impulso?
Você já comprou alguma coisa só porque estava em liquidação? Já se esqueceu de algumas das coisas que comprou? Mesmo tendo comprado algo há meses, ainda não usou? Esconde algumas das coisas que comprou por vergonha?

Se você respondeu afirmativamente a alguma das perguntas anteriores, então muito provavelmente você se encaixa no perfil de um consumidor impulsivo. Neste caso, faça um esforço para coibir este ato. Se preciso for, procure ajuda! Os Devedores Anônimos existem para isso. Você vai se surpreender com o quanto conseguirá economizar cortando os gastos por impulso!


Você não resiste a uma boa propaganda?
Se você é daqueles que compra artigos que sequer conhecia, mas que, depois de ver anunciados na TV, na internet, ou na vitrine do shopping, simplesmente se convence de que não conseguirá viver sem eles? Este é um caso típico de consumidor que se deixa influenciar pela propaganda, e que, portanto, não tem controle sobre as suas finanças pessoais.

A menos que você queira que seu orçamento seja determinado pelos anunciantes, é melhor pegar um lápis e borracha e fazer um plano de gastos. Estabeleça metas de poupança de curto e longo prazo e adapte seus hábitos de consumo neste planejamento. Isso vai ajudá-lo a controlar melhor seus gastos.


Seu dinheiro acaba antes do final do mês
Se todo o mês você precisa pedir adiantamento ao seu chefe porque não tem como arcar com as despesas, pode até ser que necessite mesmo de um aumento, mas ele certamente não virá se você não demonstrar que consegue gerir melhor suas finanças pessoais.

Tente ver a situação do ponto de vista do seu empregador. Ele também tem obrigações, e para isso se planeja. Sempre que lhe adianta dinheiro, precisa rever outras despesas, sacar a quantia extra que estava aplicada do caixa. Qualquer que seja a situação, ela nunca é favorável, e isso pode até prejudicar sua imagem. Porém, o mais preocupante é o efeito que a incapacidade de gerir as próprias finanças causa na sua vida.

Se você só consegue fazer a compra do supermercado estourando o limite do cheque especial, então sua situação necessita ser revista imediatamente. Mesmo que cortar gastos seja dramático, o prazer de não ter que se preocupar com credores e atrasos certamente lhe fará bem, e pode até contribuir para um melhor desempenho profissional.


Você não se preocupa com dinheiro!
Muitas pessoas adotam uma postura despreocupada com seus gastos, pois acreditam que isso não é sua responsabilidade. Estamos falando de jovens que estouram o limite do cheque especial, porque não se deram ao trabalho de controlar o saldo, mas sabem que podem sempre contar com uma injeção de recursos vindos da conta dos pais.

Pior ainda é a situação de casais, em que um dos cônjuges acredita que não precisa se preocupar com o controle do orçamento, porque isso fica a cargo do seu companheiro (a). Este é um comportamento totalmente irresponsável, pois não leva em consideração que, depois do gasto incorrido, existe muito pouco o que possa ser feito, de forma que, dependendo do orçamento disponível, estes abusos podem se traduzir no pagamento de juros no cartão, ou no atraso do pagamento de alguma fatura.


Você nunca poupou na sua vida
Não existe nada mais fácil do que gastar. O difícil é poupar, e se você adota hábitos de consumo irresponsáveis, não é de se surpreender que tenha chegado à vida adulta sem qualquer tipo de reserva financeira. Assim, estabeleça metas de poupança de forma a acumular uma reserva de emergência equivalente a algo entre 3 e 6 meses de despesas.

Lembre-se que esta reserva é, como o nome sugere, para emergências. Portanto, nada de tocar no dinheiro para comprar aquele celular com câmera que você tanto quer. Aproveite para planejar melhor suas despesas periódicas como gastos com IPTU, IPVA, férias etc. Você vai ver que um pouco de disciplina de sua parte vai evitar que gaste seu dinheiro em besteiras.


Você não tem idéia de quanto deve?
Uma coisa é não ter idéia precisa do quanto deve, mas se não tiver sequer uma noção aproximada do quanto está devendo, e não se importa com a situação, você já perdeu completamente o controle de suas finanças.

Está na hora de arregaçar as mangas, juntar todos os extratos que possui e calcular o quanto efetivamente está devendo. Dependendo da quantia, pode valer a pena se desfazer de algum bem para quitar a dívida mais rapidamente. Pense em se desfazer daqueles artigos que comprou por impulso, ou que não conhecia até ver anunciados em primeiro lugar. Muitas vezes eles foram comprados através de crediário e a devolução pode resolver seu problema.


Você não sabe ao certo se terá emprego amanhã?
São cada vez mais raros os casos de pessoas que se aposentam em uma empresa depois de terem trabalhado por mais de 30 anos. A realidade do mercado de trabalho atual sugere que um profissional deve esperar trocar entre três e quatro vezes de trabalho durante a sua vida profissional. E se isso acontecer porque você foi forçado a procurar emprego, sua situação financeira pode acabar seriamente comprometida, já que os credores não adiam o pagamento durante o prazo em que você estiver desempregado.


Você não acredita no planejamento da aposentadoria ?
Você já trabalha há mais de 10 anos, já passou dos 30 anos, e ainda não economizou nada. E acha que ainda é cedo para falar de aposentadoria, pois pode trazer má sorte? Neste ritmo, você não irá acumular o suficiente para garantir uma aposentadoria tranqüila, e provavelmente o único planejamento possível será trabalhar até o fim da vida para garantir seu sustento.

Porém, já pensou se, por uma fatalidade do destino, você sofre um acidente e fica impedido de trabalhar? Por mais que você se sinta bem hoje, a verdade é que não há como prever o que irá acontecer. Mais ainda, no ritmo em que estamos vivendo, uma coisa é certa: o tempo está passando cada vez mais rápido e antes de você se dar conta terá envelhecido. Ter controle sobre o tipo de aposentadoria que poderá gozar é algo que vale a pena o esforço de adiar, por alguns meses, ou anos, o consumo desnecessário de alguns bens.

Retirado do INFOMONEY.

O "AFETO" E O CONSUMO...



Gente...

Como diria um professor meu , a gente não compra "coisas" e sim o que elas representam para a gente , eu fiquei doidinha
para ter um copo de cada cor da Coca-Cola....Desses que o Mac Donalds está oferecendo de "brinde"...Nao me perguntem o que isso acrescentaria de bom na minha vida...

Sei que é algo extremamente supérfluo, e caro, mas que é lindo ter uma mesa ( de pizza , por exemplo ) toda colorida, com aqueles copos coloridos... Isso me remete a sensações bacanas de família, juventude, e versatilidade...

O autoconhecimento é tudo na vida, viu gente ? Saber porque a gente deseja certas coisas também....

Isso não significa ter que comprar todos os copos coloridos caríssimos que apareçam em nossa frente....

quarta-feira, 2 de julho de 2008

GUARDA-ROUPA BÁSICO



O Guarda-roupa Básico segundo Constanza Pascolato

Os essenciais:


Uma saia reta preta, com o comprimento em torno do joelho (depende da centimetragem de perna que você pode e quer mostrar).



Um terno, preto de preferência, sem nenhuma firula, para usar de dia e à noite (crepes encorpados ficam perfeitos para as duas circunstâncias).



Um par de jeans que seja o mais limpo e puro na forma, como uma segunda pele, confortável, reto e não muito justo, bem lavado e passado.



Uma camisa branca clássica de algodão puro, com uma porcentagem mínima de elastano ou de cambraia de algodão ou linho.



Um cardigã de bom acabamento e cor discreta substitui o blazer em ocasiões menos formais e fica elegante amarrado sobre os ombros.



Um camiseta branca ou preta do tamanho exato de seu manequim, usada sempre com sutiã (a não ser em ocasiões muito íntimas).



Um vestido preto clássico que se ajuste ao corpo sem vulgaridade nem decotes da moda - deve ter uma aura de exclusividade apesar de, aparentemente, estar em todas as mulheres.


Os extras:



Twinset, isto é, conjunto de cardigã e suéter, que deve ter cavas confortáveis, mas não largas e comprimento até as ancas.



Um casaco desestruturado reto, misto de blazer com camisa, não marca a cintura, cobre os quadris e tem abotoamento simples.



Xale ou estola de pelo menos 1,20m x 1,20m, com franjas espetaculares do próprio tecido, é um dos substitutos mais charmosos do paletó.



Saia evasê preta é particularmente útil em noites inesperadas e ficará divino com meias e saltos mais altos.



Calça bege de bom tecido e corte reto, do cáqui escuro ao creme, pode acompanhar a camisa branca, o twinset ou o pulôver.



Jaqueta jeans do modelo mais clássico e do tamanho exato de seu manequim, mas evite o look jeans total.



Top, isto é, a versão de luxo de uma camiseta sem manga, pode ser mais fashion, mais decotado e é peça curinga.


Os sapatos:



Um mocassim


Uma sapatilha tipo balé


Um sapato fechado, de salto


Uma sandália rasa


Uma sandália de salto

ORGANIZAÇÃO DE SONHOS


Às vezes precisamos de muita coragem para abandonar estruturas que construímos durante a vida e seguir os sinais que nos indicam novos caminhos.

A primeira etapa corresponde à sua purificação para abrir os
canais da sua prosperidade. E isso se faz por meio do
perdão. Liste todas as pessoas e situações que necessita
perdoar. Após, queime essa lista e jogue os resíduos em
água corrente. O perdão liberta e possibilita a crença no merecimento da
Felicidade e do Sucesso, fortalecendo o estado interno.

O segundo passo é escrever todas as suas qualidades,
como pessoa e profissional. Este atestado de auto-estima
deve ser guardado, para reler nos momentos em que houver
oscilação na sua energia.

A terceira parte é mais fácil. Resgate a lista dos objetivos
feitos no final do ano e revise-a com calma, acrescentando o
que faltou.

Agora, conecte-se com a sua criança interior. É necessário
acioná-la, para que a criatividade e a imaginação venham à
tona. Pegue revistas já lidas, tesoura, cola e uma cartolina
branca, recortada de forma oval. Importante: localize uma
foto sua, em que esteja com o semblante feliz, confiante e
vitorioso (a).

Nesse momento, permita-se relaxar e brincar. Relembre os
tempos estudantis, em que fazia colagem e faça uma
especial para a sua vida. Encontre figuras ou palavras chaves
que traduzam os seus objetivos. Escreva com pincel colorido
o que não achou em imagens e também expressões que
julgue importantes para valorizar o seu quadro.

Para a montagem final, não há regra. Aliás, só uma: sua
foto deve ser colada no centro. Para as demais figuras, deixese
guiar pela sua intuição e pela voz do coração.
Ao finalizar, contemple a sua obra de arte e já visualize tudo
realizado. Agradeça as suas conquistas e coloque a sua
Roda da Fortuna num local em que possa olhar diariamente
e revitalizar com a sua energia.

Durante o ano, à medida que os objetivos forem se
realizando coloque um “Atendido” e agradeça, um a um.