quinta-feira, 29 de abril de 2010

SEM ESSA DE GOSTAR DE TODO MUNDO

- Eu NÃO GOSTO DE VOCÊ ! Eu ACEITO VOCÊ !

Este diálogo eu ouví uma vez, entre duas crianças que eram irmãs, a mais velha falando para a mais nova, que era fruto de um caso extraconjugal que tinha resultado em separação. Pode ser um tanto cruel para duas crianças, mas era verdadeiro. A menina mais velha, que tinha uns 09 anos não conseguia gostar da irmãzinha, cuja existencia era a prova viva da traição e do abandono do pai a mãe dela.

Imaginei uma sessão de terapia em que a psicóloga conversasse com a menina :

- Tudo bem, você não é obrigada a gostar da sua irmã....Você tem que ACEITAR a sua irmã, já que seus pais já se separaram e não existe mais a chance deles voltarem.

Muitas vezes na vida a gente se obriga a "gostar" de algumas pessoas que não tem nada a ver com a gente. Eu por exemplo, vivia dando desculpas para dizer que eu gostava de alguém , quando na verdade, queria ver a criatura longe de mim.

-Tadinha, ela não teve educação na infância....

- Coitado, ele não teve uma orientação....

Era minha voz interior cheia de culpa querendo me obrigar a sentir o que eu não sentia de verdade.

Agora, descobrir que eu não sou obrigada a gostar de todo mundo foi pra mim uma libertação....Eu talvez precise "aceitar" algumas pessoas com as quais convivo, e com certeza, sempre procurarei fazer o bem para elas ou para quem quer que seja ( desde que isso não seja um mal pra mim , claro ).

Precisamos identificar e nomear melhor nossos verbos e sentimentos,separando o joio do trigo, o que é superficial e o que é saudável para nossa história.

3 comentários:

Nayá disse...

RS, eu CRESCI aprendendo isso na marra.

belo post =)

Alicinha disse...

Ótima lição! Gostei!

Seminha disse...

Muito sábio teu comentário... É uma questão de afinidade, tem pessoas com quem a gente não afiniza, não adianta!! E não nutrir sentimentos negativos por elas só faz bem a nós mesmos!!
Beijos enorme minha flor, adorei teu post!!