quarta-feira, 27 de maio de 2009

BENDITA CONTA DE LUZ !




Hoje lí uma história muito bacana no livro da ELIANA BUSSINGER, A DIETA DO BOLSO.
Eliana conta a história sofrida de sua mãe, Isabel. Quando pequena, sua mãe e a família, por motivos financeiros, tiveram que sair de uma vida de classe média, em Belo Horizonte,( na época já urbanizada ) para morar no interior de São Paulo, num sítio de amigos, que não tinha eletricidade, escola ou água encanada.

Anos depois a família prosperou novamente, e voltou a morar num centro urbano de novo, desta vez em São Paulo.

Antes de saber e entender a história de uma forma mais ampla, a menina Eliana , quando pequena, não entendia muito bem o motivo pelo qual sua mãe agradecia sempre quando chegavam as contas de águas e de luz em casa .

- Bendita conta de luz !- ela dizia, levando o papel ao peito.

Lendo o texto do livro , tive a compreensão exata do que "Dona Isabel", mãe de Eliana sentiu quando pôde de novo contar com as "bençãos" de uma água encanada e da eletricidade a disposição.

Sentí esta felicidade quando me mudei para um apartamento mais amplo, e paguei o
primeiro condomínio, que veio no nosso nome.

Vendo meu filho brincar na área de lazer com os colegas, andar de bicicleta e conversar animadamente com os porteiros, sinto que tenho que agradecer a cada extrato de condomínio que chega.

Principalmente quando , em meio a tantas crises mundiais, sociais e espirituais, conseguimos pagar para morar num lugar tão tranquilo, acolhedor e cheio de vida, como onde moramos...

Lembro de quando alugamos nossa primeira casa, de toda nossa história , e posso também exclamar :

- Bendita conta de Condomínio !

7 comentários:

Ozenilda Amorim disse...

É verdade, às vezes no sesquecemos de coisas que vivemos, mas deveríamos sempre lembrar delas para termos o que agradecer pelas coisas boas de hoje.
;)

Adriana disse...

Olha Monica não sou tão animada assim qto a conta do condôminio rsss, mas sempre agradeço depois de cada boleto pago , hoje em dia é quase um milagre.
Obrigada pela visita , qualquer coisa estamos aqui.
Adorei as revistas , sou assinate de algumas , adoro ler.
Beijos.

Roseli de Araujo Gomes disse...

Bom dia!!
Sentimento muito lindo!
Gratidão!
Benditos obstáculos que transpomos para chegar aum objetivo!
Beijos

Mariza Frezza disse...

Monicaaaaaaaaaaaaa...que delícia de blog, tb amo leitura....sou meio viciada. Na verdade entro, de corpo e alma, e consigo viver algumas situações, do livro.....estou terminando de ler "Sob o Sol da Toscana", de Frances Mayes, passei uns dias viajando pelo interior da Itália, degustando vinhos e saboreando pratos divinos, (no livro). Um verdadeiro espetáculo. Quando termino de ler um livro tenho um misto de alegria e tristeza, o primeiro porque aprendi e vivi a história, a segunda porque o livro terminou....mas aí começa tudo de novo....um próximo livro....etc....etc.....etc. Tb passearei por aqui....

BRUXINHA disse...

Realmente, bentida sejam as contas de agua, energia, pois so quando nos faltam é que damos o verdadeiro valor. Senti isso há pouco tempo com a luz, é terrivel. Um beijo e me visite, vc vem dia tres pra cá né ? Aqui tá frio , vem preparada.

Mônica disse...

Agradecer a deus por aquilo que temos é o que deveriamos fazer sempre. E nem sempre fazemnos isto. Por isso digo tambem Bendita conta que tenho que pagar. obrigada por ter este dinheiro que me sustenta.
com amizade Monica

Anna disse...

Concordo que nos esquecemos de coisas como luz, telefone etc..imagine quando não existia, ou onde não tem!
Beijos