sexta-feira, 7 de agosto de 2009

UM TEMPO PARA MIM






Durante muitos anos minha vida e a da minha empresa se tornaram uma "simbiose". Eu não sabia onde terminava uma e começava outra....Morava em cima da empresa, e volta e meia algum cliente chegava "de surpresa", bem na hora que meu marido e eu estávamos cortando uma bela pizza para comer...

Era tudo tao "workaholicamente" feito, que eu não percebia certas coisas, como o fato de "sempre ter me deixado em último lugar"....Por exemplo, era como se , ter uma hora de almoço ( inteira ) fosse "supérfluo"...

Férias então ? Até hoje sou "mal-resolvida" neste sentido, e morro de "inveja" de quem consegue tirar férias sem culpa.

É , trabalhar por conta própria tem seu preço....E hoje ainda posso me considerar "nas nuvens" porque consigo sair da empresa as 18:00 ( embora muitas vezes ainda me sinta culpada, quando o marido fica até a madrugada editando vts )

Mesmo assim comemoro cada vitória alcançada com relação ao meu tempo. Nos finais de semana, por exemplo, que hoje consigo ter , gosto de ficar "a toa" no sentido literal da palavra. Gosto de ficar sem fazer nada em casa, me recolher, e as vezes doooooooooooormir muito !

E quando percebí que meu tempo pessoal estava ficando cada vez mais escasso, passei a declinar gentilmente os convites para festas "formais", como casamentos, formaturas, e qualquer uma que eu tenha que me arrumar e produzir, e que não possa ir com uma sandália rasteira....Só vou no caso de pessoas muito chegadas mesmo .

Lembrei agora do livro do Spencer Johnson, UM MINUTO PARA MIM. Uma ótima pedida, principalmente para as mulheres, que vivem "doando tempo" para os outros e depois ficam cobrando .....

10 comentários:

Ozenilda Amorim disse...

É isso aí menina, nenhuma rotina é mais importante do que um momento de descanso. Faça sempre isso por você.

;)

Mônica disse...

Voce está muito certa. tenha um tempo para voce. E muito importante ter um dia só para voce.
Com carinho Monica
Os móveis contam histórias de outros tempos. E lindas!
Com carinho Monica

Sandra Timm™ disse...

Trabalhei em uma escola, como diretora, por 5 anos. Me recusava a tirar férias e cada feriado era dedicado a pensar em coisas para fazê-la ainda melhor. Meu tempo nela acabaou e hoje, nem lembram que um dia passei por lá. Depois disso insisti em continuar assim em outros lugares por onde passei. O resultado foi o mesmo. Hoje, não tenho mais remorso quando um médico com o qual quero consultar só tem horário para me atender conflitando com meu horário de trabalho. Vou sem pensar duas vezes. EU estou em primeiro lugar. Porque se falarem de mim... não fara a menor diferença. Você só importa quando precisam de você, quando não precisam, nem lembram dos sacrificios que vc fez em nome daempresa.

Claro que o seu caso édiferente porque a empresa é sua, mas as pessoas abusam (tivemos empresa literalmente em casa... não sabíamos o que era horário de almoço,privacidade, nada) e se não impormos limites ou nos colocarmos em primeirolugar... acoisa fica feia!

Temosque serprioridade em nossas vidas. Sejam no aspecto que for!

Em tempo: bom trabalho!

Beijo

Carolina disse...

Monica, um tempo pra gente é fundamental, sem eles a vida passa e qdo a gente se dá conta, bum, foi, já era.

Também vivi momentos simbióticos pessoal misturado ao profissional e não achava que viveria de outra forma e adorava, até porque já nasci assim com asas nos pés ( geminiana, né?), mas hoje em dia desacelerei e curto mais o que tiver acontecendo no agora. É complicado? Sim, muito até porque a gente já está no olho do furacão, mas qdo passa a perceber a vida com mais calma tudo tem um gosto, um cheiro e uma sensação mais plena.

bjos e bom finde!

Make up Boutique disse...

olá! venha conhecer a nova lojinha de make importada!visite nos no blog: http://suamakeupboutique.blogspot.com ,no orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=11224436909655524188 ou no clubinho da maquiagem http://clubedamaquiagem.ning.com/profiles/members/
te aguardamos! um bjo e estamos seguindo teu blog!

Renata disse...

Nossa, eu também sofro desse mal da culpa! Antes de começar um dia das férias, não consigo ficar bem se não ligar para o escritório...

Mas...Vamos tentando!!

Um beijo,

Renata.

Aninha Leme disse...

adorei a dica!!!
vou colocar na minha lista de livros que quero ler!!!

com relação à vida profissional, sinto vergonha de ficar doente e não conseguir ir trabalhar e me sinto culpada por tirar férias.
Onde já se viu isso? affffffffff


beijosssss

Mônika disse...

Olá!
Também vivi por muito tempo como você, só que a ponto de não ter vida social somente profissional. Hoje estou tentando me colocar em primeiro lugar. Confesso que as vezes é dificl, pois a responsabilidade com o trabalho fala mais alto...rs... mas acredito que aos poucos conseguirei ter mais tempo pra mim...é bom saber que não sou única...rs...

Paula disse...

Monica,
Me identifiquei...eu trabalho tanto, mas tanto q quase nem lembro q eu existo rs!
Bjos,
Paulinha

Solange Danielle disse...

Que site bacana.....gostei mesmo...e agradeço pela sua visita em meu blog....quero que esta visita seje o inicio de nossa amizade......meu blog é sua casa.....fique a vontade