terça-feira, 6 de julho de 2010

SABER SAIR DE CENA ( e também saber voltar )

Há um mês atrás fui consultar com um psiquiatra famoso em Vila Velha. Gostei dele, apesar de ter sido tão direto comigo . Depois de ter contado minha história profissional ( e claro, bastante também a pessoal ) , reclamei com ele do meu "sono-fuga". Ele resumiu pra mim que "quem era o sujeito da própria história não sentia tanto sono, queria mais é ficar acordado"


Entendi perfeitamente o que ele disse. Esta semana comecei a sentir os primeiros resultados de uma "sementinha profissional" que
plantei,"vigiando e orando" , pedindo a DEUS uma luz que me fizesse sentir qual era minha verdadeira missão .Resultado :um projeto nosso de documentário foi aprovado por uma lei cultural da minha cidade. Terei a oportunidade de ser jornalista e participar ativamente de algo que pode ajudar a melhorar a qualidade de vida de VILA VELHA .


Já senti que o sono diminui e a alegria profissional voltou . Voltei a ser "sujeito" da minha história.


Com isso , também voltei a trabalhar integralmente na empresa , com o maior gás.

Escolhi Elba Ramalho para a música-tema do post de hoje :



Música : De Volta pro aconchego

9 comentários:

Chica disse...

Parabéns então!Que bom!Ótimo trabalho!beijos,chica

Pelos caminhos da vida. disse...

Quem espera, alacança, meus parabéns

beijooo.

Deca Ferraz disse...

Nossa adorei isto. Também serei o sujeito da minha história. Obrigada!

Bordados e Retalhos disse...

Mônica que alegria ler esse post. Tenho certeza que o trabalho vai ficar maravilhoso, com a graça do pai. Tudo de bom. bjs

Beta disse...

Que bom querida!!!
Parabéns!!!

bj

Cintia Branco disse...

Mônica,

Que legal, parabéns. Não entendi o sono-fuga, é isso mesmo?, nem sua ausência da empresa, mas sempre que elaboramos um projeto e vemos ele crescer e frutificar, ficamos com outro pique.
Como trabalho com projetos, sempre que estou para baixo, porque a rotina e o ambiente de trabalho é desgastante e implacável, são exatamente esses projetos que me salvam e me erguem.
Mas assim que você for desenvolvendo, você me conta? Adoro documentários, e também estou com um na agulha, mas preciso aguardar o resultado do Minc, pois se sair, são mais 7 projetos para colocar em prática, e estou louca que isso aconteça.

E não pense que você não é dona da sua história, você é. Acontece que em alguns momentos perdemos o foco e se torna mais fácil ficar como coadjuvante, para repensarmos, reavaliarmos e só então, voltar com força total.

Beijos e parabéns!

Valéria Russo disse...

MONICA..
PARABÉNS!!!
NADA COMO TOMAR A VIDA EM SUAS PRÓPRIAS RÉDEAS....
TER O CONTROLE..
EU AS VEZES TB TENHO SONO -FUGA, ACHO QUE É COMUM DE TODAS AS MULHERES...MAS LOGO ME TOCO E VOU A LUTA..
PARABÉNS A VC E SUCESSO NESSE NOVO EMPREENDIMENTO.
AH! TEM PROMOÇÃO DE NIVER DO UIVO DA LOBA COM LIVRINHO DE PRESENTE...VEM PARTICIPAR TB...RSR
BJUIVOS NO SEU CORAÇÃO.
TENHA UMA LINDA QUINTA.

Gina disse...

Com motivação o resultado é sempre melhor.
Bjs.

EVELIZE SALGADO disse...

RElendo um post antigo, te REencontrei e fico feliz com teu REtorno.
Coincidência?
A cada dia precisamos REinventar a vida.
Bjinhos de luz