quinta-feira, 9 de setembro de 2010

QUAL É O PREÇO DA SUA PREGUIÇA ?


Dentre os vários livros que estou lendo sobre FINANÇAS PESSOAIS , o da SUZE ORMAN, talvez seja o mais "direto" para as mulheres.

Em um dos capítulos, Suze nos "pede" mais ATENÇAÕ na verificação de nossos extratos. Segundo ela, não existe tarifa tão pequena que possa ser ignorada.

Ontem , por exemplo, eu verifiquei o valor das tarifas que paguei no "meu" Banco em 2009, R$ 258,00, só para manter minha conta . A conta da qual até ontem eu me "orgulhava", por ter cheque especial , e ser de um "grande" banco ( desses que aparecem na televisão a todo momento ) . É a tal "sensação de pertencimento" que a gente busca o tempo todo , e os publicitários sabem como ninguém disso.

Hoje, mais precisamente AGORA, decidí que nos próximos anos de minha vida NÃO PAGAREI MAIS TARIFAS BANCÁRIAS, só para manter a conta e "me orgulhar" do banco.

Este foi o "preço da minha preguiça" em não dar atenção aos extratos , e não ter respeitado o "dinheiro suado " que meu marido e eu ganhamos com tanto trabalho e tantas noites em claro( estou sendo cruelzinha comigo mesma, né ?)

MUDAR PARADIGMAS é sempre bom. Pode ser estranho no início , mas é desafiante.

Conto com as ótimas idéias que, com certeza, vocês terão para me dar...

7 comentários:

Iara disse...

Boa Tarde!
Eu também PAGAVA tarifas bancárias.Mas, meu marido não pagava. De tanto ele insistir para eu solicitar a Cesta de Serviços essenciais com tarifa R$00. Eu acabei cedendo, mas foi graças a ele.Ele fez uma carta de solicitação e ele mesmo entregou no Banco e pediu que protocolassem. No mês seguinte não me cobraram mais tarifa.
Iara
avivaravida.blogspot.com

Liège disse...

Monica, há alguns meses meu marido e eu passamos a prestar mais atenção a essas coisas e nos surpreendemos com os gastos desnecessários. Pouco a pouco, estamos conseguindo cortá-los.
Beijos.

Monica Loureiro disse...

Adorei sua dica , Iara, vou fazer isso hoje ainda...

Cintia Branco disse...

Monica,

Estou precisando de umas mudanças assim na minha vida. Vou ter que fazer umas leituras assim.
Beijos

Mônica disse...

Eu morro de preguiça de extratos.
Acho que tenho medo do dinheiro sumir.
com carinho MOnica

Iara disse...

Boa Tarde Monica!!!

Comecei a ler o livro O SEXO COMEÇA NA COZINHA, mas não terminei por falta de tempo e também por não ter priorizado. A princípio gostei do início do livro, leitura fácil e gostosa, não é um livro de receitas afrodisíacas, mas um livro que fala sobre como construir uma relação de amor com o parceiro a qualquer hora e momento do dia.

Iara disse...

Caso você queira o modelo da carta de solicitação para os Serviços Essenciais do Banco eu te envio por email.