terça-feira, 11 de janeiro de 2011

MUITO ESTRANHA



E se me achar esquisita,
respeite também.
até eu fui obrigada a me respeitar.
Clarice Lispector


Achei este pensamento bem forte.

Estou aprendendo na vida a me respeitar.
A respeitar minhas "esquisitices"

Acho que passei a vida toda priorizando as outras pessoas. O mandamento "AMAI AO PRÓXIMO COMO A TI MESMO" , era desobedecido. Eu sempre "amava ao próximo MAIS do que a mim mesmo"

Aprendi também , que nem sempre o que é considerado "esquisito" pelas pessoas "normais" , é necessariamente "pior".As vezes só é alguém incompreendido.

Um filme que amplia os horizontes em relação as diferenças é o premiado UM ANJO EM MINHA MESA, que conta a sofrida verdadeira história de uma famosa escritora da Nova Zelândia, Janet Paterson Frame, que por sua "esquisitice" foi oprimida a vida toda.

Nenhum comentário: