domingo, 17 de julho de 2011

TERAPIA DA FALSA GENEROSIDADE


Imagem do Filme Durval Discos


Tô lendo um livro do GIKOVATE que está me fazendo cair na real de que realmente não sou mesmo uma pessoa tão "generosa" quanto eu pensava que era até então.

Segundo o livro,existe uma relação de poder entre pessoas que se consideram "generosas" e outras,consideradas egoístas pelos outros.

Quem nunca ouviu a frase de alguém reclamando:
- Eu faço tudo por ele e ele só pensa em si!

O "generoso" em virtude dos sentimentos de culpa,torna-se uma criatura que tolera mal o sofrimento-real ou fictício-dos outros.Isso determina sucessivas concessões que são,por ele,e também pelos outros,registrados como fraqueza.

A princípio,os egoístas exigem utilizando os recursos da intimidação.Se as ameaças não surtirem efeito,partirão para a chantagem sentimental-até mesmo desespero.Quando o generoso cede por não ser capaz de resistir às pressões,isso é vivenciado de forma muito diferente do prazer de dar.O "generoso" se sente fraco,abusado,roubado.Não conseguindo agir de outra forma,cede e passa a acumular ressentimento e raiva contra o egoísta-além da óbvia sensação de humilhação,consequência de ter sido pressionado a agir contra a sua vontade.

Resumo da Ópera:
Com a leitura que estou fazendo deste livro,começo a perceber melhor quando alguém está querendo me manipular e quando estou deixando,por causa de "ganhos secundários",ou mesmo para acabar com a culpa.Mas não me sinto mais a "generosa" do planeta ou da família.

Outra observação do livro que mexeu comigo:
"As crenças fazem o elogio da generosidade ao mesmo tempo que sugerem que talvez seja mais conveniente ser egoísta. O generoso se prejudica aqui e leva vantagem numa suposta vida futura.O egoísta vai melhor aqui e talvez tenha problema na outra vida."

Seria melhor então ser egoísta? É isso que estou querendo dizer?

Conclusão:"se estou esperando alguma recompensa futura,num outro mundo, por ser "generosa" é melhor eu repensar isso.Besta serei seu,de não aproveitar um pouco o mundo agora.

Trilha sonora: "Besta é Tú" dos Novos Baianos




Gostei da entrevista sobre o livro que encontrei neste BLOG.

5 comentários:

Paola disse...

Monica,
Obrigada pela visita, vim até aqui para conhecer seu blog... tenho certeza, temos muito que trocar!
bj
PAola

Ruiva disse...

=)
Seja bem vinda.
Ando mega sem tempo pras coisas virtuais, mas assim que der uma pausa, olharei o seu com carinho também. Gostei dos textos que li agora.
Beijas e boa semana

Mônika disse...

Olá, Mônica!
Qual é o nome do livro?
Estou precisando lê-lo...rs

Monica Loureiro disse...

O nome do livro é "O MAL,O BEM,E MAIS ALÉM"

Mônika disse...

Obrigada!
Gosto muito de seu blog, passamos por muitas coisas parecidas...rs.