sábado, 25 de setembro de 2010

MÃE COM DEFEITO



- Toma . Leva ele pra senhora. Eu não quero mais saber dele.

A avó pegou o bebê e olhou pra filha com indignação.

- O que é isso , menina ? Você está ficando louca ? Vou mandar te internar daqui a pouco.

A filha começou a chorar alto. Não estava suportando mais todas as pressões que começara a sofrer depois que aquela criança nascera.
Até um mês atrás, era paparicada por todo mundo. Agora, parecia que todos a viam como uma vaca leiteira com defeito.

Hoje o "bebê" dessa história tem quinze anos e parece não ter nenhum trauma de ter sido "rejeitado" pela mãe durante a depressão pós-parto. Só que a mãe se sente no dever de contar e recontar esta história, para que outras mulheres tenham mais apoio da família nesta época tão complicada , e não se sintam tão infelizes. Nem todas tem depressão pós-parto ( graças a DEUS ) , mas todas ficam muito vulneráveis.

7 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Sempre achei que se tivesse um filho algum dia, teria depressão pós-parto. Não ria de mim, todos os cachorros que criei, eu tive depressão pós pegar o filhote... ahahah... E sempre quis dá-los e depois me arrepia muito!

Beijocas

VaneZa disse...

Mamãe conta que sentiu isso... sentiu até vontade de matar. E o pior... ela estava sozinha em uma cidade estranha longe de tudo e de todos.
Realmente isso deve ser uma barra.

BeijoZZZ

Bordados e Retalhos disse...

Querida sei o que é isso. Vivi duas vezes esse tormento. Mas acho que sobrou algum trauma sim para o meu mais velho. Até hoje ele me acha uma mãe com defeito. Achei muita coragem e ao mesmo tempo maravilhoso que vc fale disso aqui no blog. Bjs

jefhcardoso disse...

Olá, Monica! Venho lhe convidar para ler “É Primavera” no meu http://jefhcardoso.blogspot.com . É possível fazer poesia com um velho, urubus e uma carcaça podre? Eu tentei, agora estou pedindo quantas opiniões for possível. Grande abraço e obrigado antecipado!

“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)

Pelos caminhos da vida. disse...

Não é fácil depressão pós-parto, tenho uma amiga que qdo o filho nasceu ela não o queria de maneira alguma, tanto é que a mãe dela ficou um bom tempo com a criança, ela fez tratamento, se recuperou e hoje é mãe pela segunda vez e tudo correu normal para ela.

Bom domingo.

beijooo.

Blog da Anabela Jardim disse...

É muito importante o apoio da família em todas as ocasiões. Muito interessante esse relato. Acredito que muitas mulheres passam ou já passaram por esse problema.

Lin Sousa disse...

olá, mas que filho lindo !! parabéns!1 eu não tenho filhos mas sei de casos até piores .. e acho que devia se divulgar mais sobre essa depressão.. mas olha que resultado lindo .. mulher realmente é um bicho esquisito né ? bjs e tenham uma ótima semanaLIN