sexta-feira, 15 de outubro de 2010

INSPIRAÇÃO DE PROFESSOR E LIVRO




Todo mundo já teve alguma inspiração de professor na vida.

Minha melhor inspiração de professor aconteceu no primeiro semestre da faculdade de Letras, na matéria Sociologia.

Jaime não era um professor de Sociologia convencional. Desde o primeiro dia de aula, coube a ele mostrar que podíamos nos tornar pessoas bem melhores do que éramos. Mesmo quando questionado sobre o seu jeito irreverente de dar aula , Jaime mostrava que sua proposta de ensino era relevante e tinha um propósito mais do que sério .

Foi através do professor Jaime que conheci a proposta do terapeuta Carl Rogers, autor do livro TORNAR-SE PESSOA. Depois disso, o interesse pela terapia rogeriana foi um pulo. E com a terapia rogeriana , descobri mais sobre mim mesma do que sabia há anos.

Um professor afetivo e profissional naõ nos ensina apenas conteúdos. Ensina também novas FORMAS de lidar com as adversidades, aumentar nosso potencial como seres humanos. E esse tipo de pedagogia é inesquecível.



Homenagem ao professor Jaime Doxsey, que me mostrou que eu podia tornar-me pessoa bem mais realizada.

4 comentários:

VaneZa disse...

Que bela homenagem!

BeijoZZz

O que elas estao lendo!? disse...

Oi Monica, você que gosta de ler, temos hoje uma super dica lá no blog.

Te esperamos lá para saber a tua opiniao.

Um abraco da equipe do O que elas estao lendo.

Mônica disse...

E tão bom receber elogios.
E saber que seu professor fez algo para o seu bem.
Tomara que todos os professores sejam assim
com carinho MOnica

Valéria Martins disse...

Queridíssima Mônica, a primeira terapia que eu fiz na vida - dos 17 aos 24 anos, foi Rogeriana. A terapeuta se chamava Helena e me ajudou muito! Eu havia acabado de perder o meu pai e ainda tinha que tomar conta da minha mãe. Era um desamparo só. Ela me ajudou até onde pode, foram 5 anos. Tenho muito carinho por ela até hoje, apesar de nunca mais tê-la visto.

Um beijo, querida. Uma ótima semana!