segunda-feira, 26 de setembro de 2011

CONVIVENDO COM A DOR ( e também com o ciúme, a inveja e outros sentimentos ruins...)



Vi no Fantástico há uma semana uma entrevista da CISSA GUIMARÃES em que ela fala que ela “convive” com a dor da perda. Ela “respeita” a dor que ela sente e disse que vai morrer com ela.

E é este “espaço” que ela abre para a dor é que faz ela conseguir ainda sentir a alegria e os outros sentimentos bons.Talvez se ela a negasse,buscando a tal da "pílula da felicidade",ou qualquer outro "paraíso artificial" mais tarde uma grande "cratera" somatizada fosse abrir dentro dela,exigindo atenção.

Penso que os sentimentos são assim: temos que aprender a conviver com eles mesmo quando eles não são os nossos melhores amigos.

Talvez seja mesmo igual uma vez eu vi num livro em que um monge imaginava os seus sentimentos como uma sala de espera num consultório médico... Vinha um, ele “atendia”,depois mandava embora com calma, e dizia :

- Que venha o próximo.

Assim fica mais fácil aceitarmos o “lado sombra” do nosso ser,que nem sempre é bonzinho.



Pra quem não assistiu a emocionante entrevista,clique AQUI.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

QUAL O SEU "JARDIM SECRETO"?



Ultimamente estou "revisitando" minhas revistas velhas pra fazer um CADERNO/COLAGEM de cada uma.
Encontrei numa CLÁUDIA a entrevista de Jamie Cat Callan,a autora do livro:MULHERES FRANCESAS NÃO DORMEM SOZINHAS.

Gostei de alguns trechos:

Que palavra melhor descreve a mulher francesa?

"Eu diria confiante! Todo o resto-o mistério,o carisma e o charme-é consequência.A francesa também cultivma um "jardim secreto".Pode ser um estado mental ou um lugar inventado para sonhar acordada ou um caso amoroso que ninguém mais imagine ou mesmo um longo banho de espuma.Visitar esse jardin secret restaura a confiança e a sensação de independência e poder."

Como criar aquela aura de mistério tão tipicamente francesa?

"Experimente usar uma echarpe em um local público e puxá-la de seu pescoço lentamente omo quem faz um strip-tease.Você notará vários homens fascinados por seus moviementos.As francesas também gostam de usar óculos.Fazem com que pareçam inteligentes,mas também densas e interessantes."

A parte que mais gostei:

Como você aplica essas "lições de francês" em seu casamento?

"Uso lingerie bonita todo dia e não apenas em ocasiões especiais.Tmabém faço tudo para manter um certo ar de mistério.Tenho o meu próprio estúdio estúdio de trabalho e minha privacidade.Também não revelo para meu marido cada coisa que faço ou penso.
Cuido para sairmos em grupo de homens e mulheres de vez em quando,não para enciumá-lo,mas lembra-lo de que sou atraente e os homens me notam."

Apesar de achar que não existem fórmulas ou mágicas,as dicas sempre me causam uma certa empolgação.Por enquanto só tenho o meu "Jardim Secreto Mental".O resto eu vou organizando aos poucos.